terça-feira, 14 de abril de 2009

Porquê partilhar?


Desde há muito tempo que as pessoas que me contactam, trazem-me questões das suas vidas, para as quais esperam receber respostas concretas e certeiras.

Ultimamente, essas pessoas têm vindo a perguntar-me porque decidi a determinada altura da minha vida, expôr publicamente um tema que ainda é muito controverso na nossa sociedade. Uma dessas pessoas perguntou-me porque decidi divulgar neste blogue, parte das minhas experiências e porque insisto em partilhar o que sei, mesmo sabendo á partida, que tudo poderá ser rejeitado pelos leitores.

O que respondo sempre a estas questões é o seguinte:

Da mesma maneira que recebi o conhecimento, da mesma maneira o devo partilhar com quem precisa. O conhecimento não é para ser trancado a "7 chaves", com um código ultra complicado e secreto.

Isso só nos vai atrasar.

A maioria das pessoas gosta de trazer fechado em si o conhecimento, pois fazem questão de manter o que sabem em segredo, de modo a tornar as pessoas dependentes deles. Isso é errado, pois obriga á submissão de um ser que supostamente deveria ser livre e detentor do seu próprio conhecimento.

É o mesmo que recusarmos as ferramentas a um construtor... sabemos construir as ferramentas e não partilhamos esse conhecimento com os demais. Assim, quem quiser um tecto, terá que "nos" procurar e pagar o devido preço.

Essa via, é a via errada, pois o conhecimento não pertence a ninguém em específico. O conhecimento é Universal, foi transmitido e como tal, devemos partilhar. Dar oportunidade ás pessoas de também elas serem detentoras dessas ferramentas.

Acredito na partilha! Pura e simples.

Ao partilharmos, estamos a contribuir para a evolução e para o crescimento, tanto em relação a nós, que partilhamos, como em relação aos que recebem a partilha e se fortalecem. Ajudamos directamente no processo de abertura e expansão de consciência a nivel individual e mais tarde, a nivel global.

Ao ensinarmos, estamos a aprender.

Annael um dia disse-me: "Ao ajudar os outros, ajudam-se a vocês mesmos".
Cada vez mais, constato que isso é verdade, pois constantemente aprendo coisas novas. Percebi que ao partilhar, também recebo.

Optei por ter este blogue para divulgação, pois assim sei, que muitas mais pessoas vão ler e vão perceber o que pretendo transmitir ao "mundo". Acredito no poder da partilha e no que isso pode trazer para a humanidade.

Fazer as pessoas entenderem que fazem parte de um Todo... que fazem parte de um mecanismo maior e mais complexo do que a sua existência individual. Que todos representam um componente de um relógio que para funcionar correctamente, todos os seus componentes internos devem estar alinhados e em perfeita sincronia e harmonia uns com os outros.
Assim são as pessoas. Cada ser humano é um componente de um mecanismo ainda maior: a Humanidade.

Portanto, a partilha do conhecimento faz com que os vários componentes trabalhem em harmonia uns com os outros. Faz com que cada indivíduo aprenda a olhar para si mesmo e descobrir coisas novas.

Aprender sobre si mesmo também faz parte do processo de evolução. Isso é o inicio da caminhada para o verdadeiro conhecimento. Aquele que é mais dificil de conseguir, mas que é o ponto de partida que desencadeia tudo o resto.

Resumidamente, faço-o porque acredito na partilha, pura e simples.

Devemos partilhar, da mesma forma que partilharam connosco. Só assim, com este espirito de entre ajuda, a humanidade entenderá que faz parte do Universo e que não existe isoladamente. Assim as pessoas irão entender que muitas das respostas que elas procuram, estão dentro de cada um e que muitas vezes, os bloqueios e travas que surgem, têm a sua origem no interno de cada um.

Por isso peço a todos o que recebem o conhecimento, que o partilhem, pois assim todos ajudam no mesmo processo. Partilhem o que sabem e ponham sempre como primeira prioridade, a cura e não os bens materiais e o consumismo.

Chegou a hora da humanidade despertar do seu sono, por isso divulguem e partilhem o que sabem. É importante que nesta fase, assim se proceda.

Participem activamente e não passivamente, pois quanto maior o número de pessoas a divulgar, maior o número de pessoas a serem ajudadas e despertadas.

Chega de segredos. Chega de egoísmo e interesses consumistas.

Yavith

Sem comentários:

Enviar um comentário