quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Agradecimentos


Venho através deste pequeno artigo, agradecer a todos os que me têm apoiado e dado incentivo, para continuar com este trabalho de partilha.

Tenho recebido muitos "emails" de pessoas de varios locais do mundo (especialmente do Brasil, país que tenho em grande consideração e afecto), com partilhas de experiências, questões, agradecimentos e animo para continuar. Fiz amizade com alguns deles, com os quais mantenho activas conversas muito interessantes e tem sido esse troca que me tem dado força e vontade de continuar, pois vejo que o meu trabalho está a cumprir a sua função e que está a ter impacto nas mentes dos leitores do blogue. Isso por si só, é muito positivo e revelador.

Aproveito também para exclarecer algumas dúvidas de alguns leitores, relativamente à minha postura em relação a todo este conjunto:

Apesar de ter contactos periódicos com determinadas consciencias e situações, eu tenho uma vida normal, vivo o dia-a-dia como qualquer ser humano activo na sociedade onde pertence. Apenas tenho uma posição diferente relativamente ao que me rodeia, intercalado com vivencias que a grande maioria encara como anómalas, paranormais, estranhas, etc.

Sou céptica relativamente a muita coisa e não idolatro nenhuma entidade divina, estelar, ou de qualquer outra origem. Tanto Annael, como outros com quem contactei e contacto, nunca pediram idolatria, nunca pediram devoção ou total obediência. Annael, por exemplo, defende o "livre-arbitro" consciente de cada um. Diz que o ser humano foi feito para ser livre, pois só assim poderá evoluir e aprender, tomando consciencia da realidade por ele mesmo. Tal como Annael, os outros com quem contacto, dizem o mesmo, apenas utilizando designações diferentes.

Claro que tive situações em que o meu livre arbitrio consciente não foi respeitado, admito, mas no final revelou-se um mal necessário e acabei por tirar algum conhecimento com a situação, mesmo não tendo sido aceite por mim na altura em que ocorreram. Há muita coisa que ainda preciso aprender.

Não tenho religião, nem procuro devoção. Basicamente, acredito no que vejo, no que sinto, no que sei e no que manifestam á minha frente. Acredito em resultados. Acredito no poder criador do Universo... acredito na Vida e no poder da consciência de cada um.

Acredito acima de tudo, que todos nós devemos assumir sem preconceitos quem somos e devemos aceitar e respeitar o que os outros são.

O meu blogue não pertence a nenhuma religião ou "grupo mistico", nem é isso que se pretende criar aqui. Este blogue é pura e simplesmente para partilha... é uma forma de consciencializar, de divulgar e de dar a conhecer a todos, a nivel global, de que a humanidade não é uma civilização que vive isolada de tudo o que existe no Universo.

Ao partilhar parte das minhas experiências, estou a dizer a outros que passaram pelo mesmo, ou que ainda passam, que não estão loucos e que existem outras pessoas em situações identicas. É uma forma que tenho de lidar positivamente com estas situações que fazem parte da minha vida actual, quer eu queira, quer não. É quem eu sou e não me envergonho disso.

Não tenham medo de assumir as vossas vivencias e a vossa natureza. Estudem sobre vocês mesmos. Testem as coisas, tal como eu faço... Gosto de ciências e elas fazem parte de um bom trabalho de pesquisa.

É verdade que prolifera pela internet, muita informação de origem duvidosa. É verdade que há muitos sites que copiam de outros e por isso a grande maioria do seu conteúdo está repetido em muitos endereços, com nomes diferentes. Já li em pelo menos três sites sobre fraternidades brancas, artigos meus, retirados deste blogue. É verdade que actualmente muitos tentam "ganhar a vida" à conta das crenças dos outros... eu não peço nada. Apenas quero divulgar... partilhar.

De facto, há muita coisa, mas cabe a cada um filtrar o que lê. Cabe a cada um ser fiel ao que acredita e ao que lhe faz sentido, sem se prejudicar.

Eu tento manter-me fiel a mim mesma. Tento partilhar as minhas experiências da melhor forma que me é acessivel. E vocês?

Bom... não quero prolongar muito mais este texto, mas quero finalizá-lo, agradecendo a todos os que me têm enviado emails de incentivo e de amizade. Quero agradecer aos que me questionam. Aos meus amigos, que me têm acompanhado e me dão força e amizade e á minha mãe, que me tem dado coragem e Amor, nos bons e nos maus momentos.

Estou confiante... porque apesar de tudo o que se vê nos telejornais mundiais, acredito no potencial da humanidade e no que podemos construir, para um futuro brilhante, próspero e de união. Devemos resolver os nossos problemas internos, antes de querer formar qualquer tipo de aliança com os de "fora".

Um grande abraço a todos.


Yavith

5 comentários:

  1. Tendo em conta o tema deste blogue, acho-o excelente e directo. Continua assim!

    ResponderEliminar
  2. Só para constar, eu me sinto como uma destas pessoas no universo deste Brasil q tem compartilhado bastante com você... Eu não sei c vc tem consciência da profundidade das coisas q vc me tem escrito por e-mail e de como elas estão diretamente ligadas ao q eu estou vivenciando naquele momento. Explico: algumas coisas eu literalmente comunico e escrevo para vc... outras não, e mesmo assim vc responde ao meu coração diretamente sobre elas como se eu as tivesse falado a vc! Em uma destas respostas lembro de ter pensado: "mas será possível q a pessoa não pode ter o mínimo de segredo q ela acaba captando?!". (Risos). Eu não tinha tido oportunidade de falar sobre isto com vc, então estou falando agora no seu Blog... Vc está sendo muito especial no meu caminho... e eu precisava de alguém com a sua sabedoria para me orientar sobre estes temas tão pouco conhecidos. Esta alma lhe agradece!!!
    O bom é saber q este aprendizado está apenas começando, mas eu estou tentando ter a maturidade de viver cada gota de conhecimento por vez! MIL VEZES, OBRIGADA!!!

    ResponderEliminar
  3. Amiga Lauzanne, tu também estás incluida e referida neste artigo de agradecimento. Estás inserida numa parte especial, por tudo o que já partilhámos e por todas as informações que trocámos uma com a outra. É o facto de ter encontrado pessoas como tu, que me dá força e vontade de continuar com este projecto.

    Mais uma vez, obrigado Lauzanne, pelos teus contactos e amizade.

    Yavith

    ResponderEliminar
  4. Olá Yavith, gostaria de passar e me comunicar com você. Estou no Brasil e com certeza temos algumas coisas em comum :)

    Apresento também duas grandes amigas:
    mendoncaresende@yahoo.com.br (Thais)
    larasaque@gmail.com (Lara)

    Akira (akirawitthoft@hotmail.com)

    Sempre sucesso em seu blogue!!!

    ResponderEliminar
  5. Olá "anónimo", meu email é yavith@gmail.com. Bem vindo a este blogue. Mande um abraço á Lara e a Thais.

    ResponderEliminar